Telesom Curitiba

Rua Marechal Deodoro 352 - Centro 

Horário de Funcionamento: Seg à Sex 09:00hrs às 18:00hrs. Sáb 09:00hrs às 13:00hrs

Pontos de Atendimento Paraná

Litoral; União da Vitória; Morretes; Lapa; Paranaguá

41.3322-9797

41.99597-1283

Telesom Blumenau

Rua 07 de Setembro 1108- Centro

Horário de Funcionamento: Seg à Sex 09:00hrs às 18:00hrs. Sáb 09:00hrs às 13:00hrs

Pontos de Atendimento Santa Catarina - Brusque; Canoinhas; Capinzal; Itaiópoles; Rio Negrinho

47.3322-9000

47.99672-9052

Fique por dentro das novidades em nossas redes sociais

  • Instagram
  • Facebook
  • Telesom

Você sofre com o Zumbido?

Na última década, o zumbido teve um aumento significativo de sua incidência, passando a acometer 25,3% da população mundial segundo pesquisas. Sujeitos acima de 60 anos, a taxa de acometimento ultrapassa os 30%, constituindo condição importante a ser considerada no cuidado integral em saúde. Um relatório de 2014 publicado na revista Frontiers in Neurology afirma: “O zumbido é um dos sintomas somáticos mais comuns que afetam a humanidade”


O zumbido, condição de saúde caracterizada pela percepção interna de um som na ausência de uma fonte sonora externa, conhecidamente impacta negativamente a vida de seu portador. Essa condição afeta diretamente a vida social e profissional do individuo, podendo estar relacionada à ocorrência de insônia, ansiedade, depressão, síndrome do pânico e abuso de álcool.


Como é o som do zumbido?

  • Ouvir sons que não são provenientes de qualquer fonte externa.

  • Os sons podem incluir toques, cliques, zumbidos ou ruídos; Muitas pessoas relatam que os sons mudam em cada ouvido, como sua intensidade e volume.

  • Os sons às vezes param ou se tornam suaves, em outros momentos são mais rápidos e intensos;

  • Os sons de zumbido podem vir de um ouvido de cada vez (unilateral) ou de ambos os ouvidos (bilateral);

  • Também é possível ouvir sons ou vozes musicais, embora a causa subjacente desta experiência possa incluir outros problemas psicológicos ou mesmo uso de drogas;

Especialistas acreditam que o zumbido no ouvido está associado com lesões neurais (cérebro e nervo) que afetam o caminho auditivo e, portanto, a capacidade de alguém ouvir sons. Na maioria das vezes, o zumbido é resultado de um distúrbio que afeta partes do ouvido externo, interno ou médio. Existem muitas condições e distúrbios diferentes que afetam os canais nervosos que levam às orelhas, o que pode fazer com que alguém ouça sons anormais em seus ouvidos. Estas condições geralmente causam outros sintomas ao mesmo tempo (como tontura, perda de audição, dores de cabeça, paralisia facial, náuseas e perda de equilíbrio), que os médicos usam como pistas para descobrir a causa subjacente do zumbido.



Os Aparelhos Auditivos são algumas das opções de tratamento para o Zumbido

É recomendado que o zumbido no ouvido seja supervisionado por um equipe multidisciplinar composta por: otorrinolaringologista, dentistas, fonoaudiólogos, entre outros. Tratar a causa subjacente pode ajudar a aliviar os sintomas e até fazê-lo desaparecer completamente.

Para diagnosticar o problema com mais exatidão são feitos vários exames capazes de identificar a origem do problema. No entanto, são propostos alguns tratamentos como o uso de aparelhos auditivos específicos para o zumbido com tecnologia que proporcionam conforto e estética em um só aparelho.

Fique atento aos sintomas e procure orientação especializada.


Fga Manoella Chaves

4 visualizações